Experimentem, degustem, divirtam-se!

Experimentem, degustem, divirtam-se!
Conheçam livros de ficção e fantasia com tempero nacional: Agridoce, Cítrico e Paganus.

segunda-feira, 28 de outubro de 2013

Resenhas de O enigma da adormecida =)

Oi gente!
Várias resenhas de O Enigma da Adormecida, o primeiro livro da série Crônicas do Reino do Portal, foram publicadas nos últimos dias.
O livro está participando de uma Turnê Virtual e também haverá um sorteio de exemplar por meio dos blogues participantes
.
Confiram as opiniões publicadas nos blogues:
http://myqueenside.blogspot.com.br/2013/10/resenha-11-o-enigma-da-adormecida-as.html b
"Em suas poucas 296 páginas, este livro carrega consigo a capacidade de te levar a outro mundo e fazê-lo sentir o desespero, a angústia e a raiva de não saber como foi parar nele."
http://livrosepiratas.blogspot.com.br/2013/10/resenha-o-enigma-da-adormecida-simone-o_23.html
"Ele recebeu suas 5 estrelas, porque, ele tem tudo que um livro de fantasia precisa ter: romance, mistérios, magia, castelos, reis, rainhas, magos, seres das sombras!"
http://www.bibliotequismo.com.br/2013/10/resenha-o-enigma-da-adormecida-cronicas.html#.Um6rDvmkp8c
"Achei bacana o fato de que esse livro pendeu muito mais para a literatura fantástica clássica (tolkiniana) do que qualquer outro nacional que eu já tenha lido na minha parca experiência. Gostei muito de me deparar com uma obra nacional que, mesmo ainda dentro do gênero fantasia, explore essa linha."
http://marinahgattuso.blogspot.com.br/2013/10/o-enigma-da-adormecida.html
"A escrita do autora é boa e leve. A história é narrada em terceira pessoa, fazendo o leitor ter uma ideia do que casa personagem pensa. Além disso tem um MAPA *--* será que eu sou a única apaixonada por mapas?"
http://livredujour.wordpress.com/2013/10/19/resenha-sorteio-o-enigma-da-adormecida-cronicas-do-reino-do-portal-1-simone-o-marques/
"Não sei se foi devido à sinopse tão curtinha e nada reveladora, mas desde os primeiros momentos da leitura eu fiquei realmente curiosa e encantada. Não conseguia parar de ler até que alguma coisa fosse esclarecida."

Nenhum comentário:

Postar um comentário